domingo, abril 03, 2005

Im back

O Jantar da Pandora

Foi uma iniciativa deveras interessante. Tantos, aparentemente estranhos, mas como se já se conhecessem há muito!
O que estará na base deste fenómeno?
Afinal temos muito em comum: pessoas com iniciativa, sentindo uma grande necessidade de comunicar, de transmitir o que nos vai na alma.
No entanto, sabíamos mais de cada um do que de muitas pessoas com quem nos relacionamos no dia-a-dia e de quem apenas conhecemos o aspecto exterior.
Não foi possível falar com todos, mas para isso existe este canal.

Conheci pessoalmente a São, com propriedade a nossa caixinha de surpresas, o Fernando B. do Faternidades o segundo responsável pelo evento, o Rogério das Indústrias Culturais, o patinho feio do Largo da Má-Lingua, a Mitsou do Tijolices, a Gilda do Amanhã, a Jacky da equação Am(or)+izade, o Francisco do Melga, o nosso filosofo Zecatelhado do Tá de Chuva. Já conhecia a menina marota do Eternamente Menina.

A sala era grande e estava cheia. Apesar de quase não ter dado pelo jantar, apenas consegui falar com estes amigos. Mas os restantes não perdem pela demora, já se encontra marcado novo convívio em Beja.